Início A Primundo Portfólio Diferenciais Inovação Produtos Contato

Quer viajar com seu Pet?

01/12/2014 14:50

Para viajar de avião com seus animais de estimação, antes de qualquer coisa tenha em mente que o passeio será uma grande mudança para o animal, já que ele sente mais as condições climáticas e o desconforto dos deslocamentos. Longos trechos podem causar diarreia e vômito nos animais.

Em voos domésticos, você deve estar munido do Certificado Sanitário dos animais, conseguido por meio de uma consulta com seu veterinário de confiança e válido por três dias, por animal. No certificado, deve constar raça do animal, nome, origem do animal (informações do pedigree, se houver), avaliação geral, nome do dono, e carteira de vacinação em dia. Destinos internacionais exigem que os animais também tenham um tipo de visto, o Certificado Zoossanitário Internacional (CZI).

Para consegui-lo, é necessário marcar uma consulta com um veterinário do Ministério da Agricultura que atenda no aeroporto do voo de origem e levar o Certificado Sanitário completo. Esse documento do animal tem validade de oito dias e é gratuito.

Antes do percurso, o animal deve ser tranquilizado. Com este procedimento, ele não necessitará de outros medicamentos e ficará seguro por cerca de 10h. Se a viagem durar mais de oito dias, é preciso providenciar os documentos dos animais novamente no aeroporto de retorno.

A permanência de animais dentro da cabine de passageiros só é permitida embaixo da poltrona de passageiros. Normalmente, as empresas aéreas aceitam apenas um ou dois animais dentro da cabine. Uma vez que esse número seja atingido, os outros passageiros portadores de animais devem despachá-los pela bagagem de porão.

Lembre-se que cada companhia aérea tem sua particularidade, e que é essencial avisar da necessidade desse transporte de animais na hora da compra de passagem.

Cão-guia

O animal deve ser transportado com coleira gratuitamente e ao lado do assento do dono, no chão da aeronave. A necessidade desse transporte de animal deve ser comunicada com antecedência à companhia aérea e o assento é escolhido pela mesma. O dono deve estar munido de toda documentação do animal. O mesmo serve para qualquer outro animal-guia.

Informações e valor transporte animal por empresa aérea

Cada empresa tem sua particularidade quando o assunto é transporte de animais. Confira as exigências e, em caso de dúvidas, entre em contato com companhia com a qual você e seus animais vão viajar.

Existem muitas dúvidas quando se pensa em viajar de avião e levar junto um animal de estimação.

Realmente haverá um estresse natural, seja qual for a espécie, mas se essa for a única opção, é bom ter conhecimento de como funciona o transporte aéreo de animais.

Existem regras internacionais para o transporte de animais vivos que garantem o bem-estar dos bichos. E cada país possui sua própria regulamentação para esse tipo de transporte.

Por isso, é necessário obter todos os dados sobre os documentos necessários junto ao Consulado do país de destino e a companhia aérea, antes de pensar em levar o animal.

Para embarcar, há dois caminhos: no ‘check in’ da companhia aérea, se o peso do cão somado ao da caixa de transporte (container) não ultrapassar 15 quilos, ou pelo Terminal de Carga da empresa, se o peso estiver acima desse limite.

Para animais despachados no ‘check in’, o proprietário pagará seu peso como excesso de bagagem. Aqueles despachados no Terminal de Cargas deverão ser cobrados por peso ou cubagem. No valor a ser pago, está incluído um seguro.

Os animais devem ser transportados em containers de fibra com tamanho suficiente para que possam efetuar o movimento de 360 graus em seu interior. Deve haver compartimento para água e comida e o piso deve estar forrado com material que absorva os dejetos.

Existem vários modelos de caixas de transporte à venda em pet shops. Só é permitido um animal (cão ou gato) por caixa, dois se forem filhotes até 45 dias de vida. Para outras espécies existe um número limite também.

Todos os animais serão transportados no porão da aeronave, cuja temperatura é de 22o.C. Embora essa seja a regra, algumas companhias aéreas podem permitir que o animal viaje com o passageiro ou na cabine do piloto (dentro da caixa de transporte). Tudo dependerá da política da empresa.

A necessidade de sedação deve ficar a critério do veterinário que cuida do animal. Normalmente não é necessária e a companhia aérea não faz essa exigência.

Em viagens longas, com conexão, os animais são alimentados antes de partir e na chegada, nunca durante o vôo, pois estarão no compartimento de carga, onde não há acesso.

Cada país possui uma legislação específica que estabelece a documentação necessária para o transporte de animais. Ela deve ser apresentada à empresa transportadora, no ato do despacho do animal. No Brasil, de acordo com o Decreto no 24.548 de 03.07.34, é obrigatório que o passageiro apresente, por ocasião do embarque, a seguinte documentação:

CÃES e GATOS:

- Atestado de Sanidade expedido por Médico Veterinário até 03 (três) dias antes da data do embarque;

- Atestado de Vacinação anti-rábica atualizado (até um ano antes da data de embarque) para animais com mais de 04 meses de idade;

ANIMAIS SILVESTRES NACIONAIS

- Autorização do IBAMA/DF;

- Atestado de Sanidade expedido por Médico Veterinário até 03 (três) dias antes da data do embarque;

- Guia de Trânsito Animal (essa guia somente será emitida por Posto de Vigilância Agropecuária – PVA, quando da apresentação dos documentos citados acima).

ANIMAIS SILVESTRES ESTRANGEIROS (EXÓTICOS)
- Autorização do IBAMA/DF;

- Guia de Trânsito Animal (essa guia somente será emitida por Posto de Vigilância Agropecuária – PVA, quando da apresentação da autorização citada acima).

Embora o proprietário do animal possa cuidar sozinho de todos os detalhes e documentação para o transporte do seu animal, existem empresas especializadas em logística que se encarregam desse serviço, o que torna o processo bem mais fácil.

Fonte: http://www.webanimal.com.br/cao/index2.asp?menu=transporte.htm


Primundo Blumenau
Alameda Rio Branco, 247
(47) 3231-3231
atendimento@primundo.com
Primundo Florianópolis
Av. Hercilio Luz, 639 Sala 305
(48) 3364-6440
Primundo Orlando
7901 Kingspointe Pkwy #17
Orlando - FL 32819, Estados Unidos
1 (407) 259-6109